Museu


Horários de visita:
Terças e Quintas-feiras, das 14h00 às 17h00

Local:
Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (2.º Piso)

Encontram-se abertos ao público dois núcleos museológicos no seio da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa: a «Sala-Museu Professor Marcello Caetano» e a «Sala-Museu Professor Paulo Cunha».

A sala dedicada ao Professor Marcello Caetano, constituída em 2006, resultou de uma parceria entre a família do Mestre, a Faculdade de Direito e o Atelier de Arquitetura Silva Dias. Ocupando uma área de cerca de 30 metros quadrados, contém livros, manuscritos, objetos de índole pessoal, trajos académicos e condecorações de vários países (Portugal, Espanha, Alemanha, Inglaterra, Bélgica, Brasil). De entre estas cumpre relacionar a Ordem de Saint Michael and Saint George – seguramente das mais prestigiadas do mundo -, a Ordem da Torre e Espada e a Ordem de Isabel, A Católica. Por entre caixas de luz, ripados de madeira e estantes de larga dimensão, encontram-se um busto em bronze, o trajo que o Mestre utilizou como Reitor da Universidade de Lisboa e três borlas de Universidades estrangeiras. Particularmente significativo é o núcleo respeitante ao Brasil, país que Marcello Caetano sempre considerou como segunda pátria e no qual veio a falecer em 1980.

A «Sala-Museu Professor Paulo Cunha» configura um espaço de arte dedicado à memória deste antigo jurista, advogado, orador e homem público. Inaugurada em 2012 sob risco dos Arquitetos Saldanha da Gama e Francisco Serras, combina elementos tradicionais com novas tecnologias num cenário de grande riqueza estética. Ali podem ver-se autógrafos de Hirohito, Imperador do Japão, Reza Pahlevi, Sha da Pérsia, Winston Churchill, Primeiro-Ministro britânico, Arthur Rubinstein, Pianista de fama, Maria Callas, Cantora lírica, Hans Kelsen, Filósofo do Direito, a par de originais de personalidades portuguesas como Humberto Delgado, Azeredo Perdigão, Vitorino Nemésio, Oliveira Salazar, Adelino da Palma Carlos, Marcello Mathias, Pedro Theotonio Pereira. Livros, caricaturas, medalhas e insígnias completam este núcleo museológico, que inclui ainda um violino para concerto e um óleo sobre tela do pintor Henrique Medina.

X