Equipa da FDUL vence as Intercontinental Friendly Rounds do Philip C. Jessup International Law Moot Court

No passado dia 7 de março de 2021, a equipa portuguesa para o Philip C. Jessup International Law Moot Court Competition, composta por alunos da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, sagrou-se, pela primeira vez na história da competição, vencedora das Intercontinental Friendly Rounds.

As rondas em causa, preparatórias da fase internacional, incluíram equipas representantes da Bulgária, Eslovénia, França, Letónia, Malásia e Suécia, tendo sido avaliadas por mais de 90 juízes originários da África do Sul, Alemanha, Argentina, Brasil, Bielorrússia, Bulgária, Canadá, Colômbia, Coreia do Sul, Estados Unidos da América, França, Irlanda do Norte, Hong Kong, Hungria, Irão, Itália, Honduras, Japão, Malásia, Rússia, Paquistão, Portugal e Ucrânia.

Esta conquista é fruto de vários meses de intensa dedicação por parte da equipa composta pelos alunos Carolina Grande, Gonçalo Vilela, Laura Garção, Leonor Ferreira e Teresa Pinto, sob a orientação do Prof. Doutor Rui Lanceiro, Mestre Diogo Santana Lopes e Mestre Bernardo Kahn.

O Philip C. Jessup International Law Moot Court Competition é organizado pela International Law Students Association (“ILSA”), consistindo no maior moot court a nível mundial, o qual, tipicamente, conta com a participação de aproximadamente 700 universidades provindas de cerca de 100 jurisdições.

A presente edição conta, uma vez mais, com o patrocínio da Vieira de Almeida & Associados (através da VdAcademia), cujo apoio financeiro e logístico, no contexto atual, se tem revelado fundamental para o sucesso da equipa, aproveitando a Faculdade para manifestar o seu agradecimento.

A FDUL felicita os seus estudantes pelo meritório resultado alcançado nesta fase da competição, que muito honra e prestigia a Faculdade, desejando-lhes o maior sucesso nas Global Rounds que se aproximam.


Comments are closed.

X