O curso comporta o pagamento de propinas, que são fixadas pelas Universidade que compõe o consórcio e pelas Universidades parceiras. Adicionalmente ao pagamento de propinas, os alunos estão ainda sujeitos ao pagamento de outras taxas, como sejam matrículas ou outros encargos necessários.

Os estudantes devem proceder ao pagamento das propinas na Universidade de origem, salvo quando se trate de uma estadia numa Universidade Parceira ou quando estejam a frequentar um terceiro semestre na mesma Universidade do consórcio, onde já estudaram dois semestres anteriores.

Na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa aplicam-se as mesmas taxas e propinas do Mestrado em Direito e Prática Jurídica.

X